Sexta, 27 Fevereiro 2015

Quer trabalhar num país pequeno, mas desenvolvido, no centro da Europa? Diariamente, pessoas oriundas de países vizinhos escolhem o Luxemburgo como local de trabalho. Na verdade, metade dos trabalhadores deste país tem outra nacionalidade europeia!

Se quer juntar-se a eles e trabalhar num ambiente tão cosmopolita, este é o lugar indicado para começar a procurar emprego. Algumas das ligações podem ajudá-lo a encontrar trabalho mais facilmente.

Passos Coelho: Crise também atingiu o Luxemburgo (vídeo) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Portal Emprego.lu   
Segunda, 10 Novembro 2014 16:02

De visita ao Grão-Ducado, Pedro Passos Coelho disse que o primeiro-ministro Xavier Bettel acha útil que haja mais informações para que as pessoas não emigrem para o Luxemburgo "sem fazer uma avaliação do mercado laboral no Luxemburgo". Passos Coelho considera que o mercado laboral do Grão-Ducado também sofreu com a crise e que as condições são "menos flexíveis" que no passado. Segundo o primeiro-ministro português, a Secretaria de Estado ads Comunidades, liderada por José Cesário, tem vindo a informar os trabalhadores portugueses que pensam deixar Portugal mas acredita que é necessária uma boa colaboração com as centrais sindicais portuguesas para melhorar essa informação.

O primeiro-ministro falava aos órgãos de comunicação social portugueses no Luxemburgo, entre os quais o BOM DIA, tendo ainda abordado o trabalho de formação de jovens portugueses desempregados no Luxemburgo. Passos Coelho afirma que as medidas tomadas conjuntamente com a CCPL ou o CASA ainda estão a decorrer e não é possível fazer uma avaliação. Mas, a médio e longo prazo, o responsável pelo governo português quer "soluções preparadas com o governo luxemburguês" para ajudar os jovens portugueses do país a evitar o desemprego por falta de formação linguística ou outra.

Respondendo à questão sobre quando é que os portugueses forçados a emigrar poderão regressar a Portugal, Passos Coelho acredita que a economia portuguesa vai crescer 1,5% em 2015, mas "gostaríamos de crescer o dobro", afirma. O chefe do executivo português congratula-se com a descida do desemprego, graças ao aumento da criação de emprego e conclui: "espero que aqueles que tiveram de sair involuntariamente de Portugal possam regressar".

Depois de ser condecorado por Xavier Bettel, primeiro-ministro do Luxemburgo, Passos Coelho afirma que tem "uma excelente relação" com o seu colega luxemburguês, na tradição da amizade que havia com o ex-primeiro-ministro e novo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. A provar os laços entre os dois primeiro-ministros o facto de esta quinta-feira de manhã seguirem juntos de automóvel para a cimeira europeia que tem lugar em Bruxelas.

Veja aqui a entrevista completa de Pedro Passos Coelho:

www.youtube.com/embed/JaGdblgnnPo

Actualizado em Segunda, 10 Novembro 2014 16:04
 
OGB-L descontente com as novas regras para o desemprego PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 49
FracoBom 
Escrito por Bomdia.lu   
Sexta, 18 Abril 2014 00:00

A central sindical OGB-L manifestou o seu desagrado perante os novos critérios aplicados pelo Ministério do Trabalho nas questões dos subsídios de desemprego.

"O Governo não auscultou os parceiros sociais antes de tomarem uma decisão nem o comité permanente do trabalho emitiu um parecer sobre estes novos critérios(...) o projeto como está é inaceitável, vai punir unilateralmente os desempregados", segundo o sindicato.

Actualizado em Sexta, 18 Abril 2014 09:37
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL